segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

resquícios da noite passada

Entre pedidos de união e versos soltos da boca de pessoas que nem ao menos conheço, entre sorrisos, palavras complexas, frases feitas, eu sinto falta do nosso silencio e das nossas noites, dias, madrugadas a dentro sem fazer nada, sorrindo um para o outro falando coisas, apenas coisas.

Um comentário:

vendedora de sonhos disse...

"versos soltos da boca de pessoas que nem ao menos conheço" adorei :)